Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
topo.jpg
coimbracity

Coimbra - Portugal

mapacoimbra

          Coimbra é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Coimbra, da Região Centro de Portugal, com cerca de 143.396 habitantes. Sendo o maior núcleo urbano, é centro de referência na região das Beiras, com mais de dois milhões de habitantes. É considerada a terceira cidade de Portugal. 

           A cidade é historicamente universitária, por causa da Universidade de Coimbra, fundada em 1290.

             É considerada uma das mais importantes cidades portuguesas, devida a infraestruturas, organizações e empresas para além da sua importância histórica e privilegiada posição geográfica no centro da espinha dorsal do país. Coimbra é também referência nas áreas do Ensino e da Saúde.

 

 coimbravistaarea

 

 

          Por muitas vezes, Coimbra é chamada de "Cidade do Conhecimento" ou "Cidade dos Estudantes", principalmente por ter uma das mais antigas e prestigiadas universidades da Europa - a Universidade de Coimbra é a herdeira do Estudo Geral solicitado ao Papa pelo Rei D. Dinis e por um conjunto de prelados portugueses em 1288 e que viria a obter confirmação pontifícia em 1290, tendo-se estabelecido inicialmente em Lisboa.

          Atualmente toda a Alta Universitária e Rua da Sofia (onde a Universidade nasceu) estão em processo de modernização no âmbito do reconhecimento da Universidade de Coimbra a Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO. Toda a Alta vai sofrer uma intervenção que a vai tornar mais aprazível, mais bonita e mais dinâmica.

          É também em Coimbra que existe a mais antiga e maior associação de estudantes do país -  a Associação Acadêmica de Coimbra fundada a 3 de novembro de 1887. Esta organização representa todos os alunos da Universidade.

 

 unicoimbra

 

 

          A Universidade de Coimbra é uma das universidade ainda em operação mais antigas do mundo e amais antiga de Portugal. Ela é organizada em oito faculdades diferentes, de acordo com uma variedade de campos de conhecimento como Letras, Direito, Medicina, Ciências e Tecnologia, Farmácia, Economia, Psicologia e Ciências da Educação, Ciências do Desporto e Educação Física.

 

 

 

uniformecoimb 

 

          É comum encontrar pelas ruas de Coimbra estudantes de graduação vestindo trajes/uniformes da Universidade de Coimbra. O uso deste uniforme não é obrigatório, mas eles fazem questão de usar e sentem-se orgulhosos por isso. Não se deve esquecer de que a universidade foi fundada em 1290 e assim, os pais, avós, bisavós e etc. usaram este uniforme e os mais novos dão continuidade à tradição.

 

  

joaninaentrada bibijoanina1 joanina32554

 

          Na Universidade de Coimbra há uma biblioteca chamada Joanina, a Casa da Livraria foi construída entre os anos de 1717 e 1728, é um dos expoentes  do Barroco Português e uma das mais ricas bibliotecas europeias. Contribuíram na sua decoração mestres como Manuel da Silva, Simões Ribeiro e Vicente Nunes. Desconhece-se a autoria do projeto, mas conhece-se o seu executante, Gaspar Ferreira.

          Ficou conhecida como Biblioteca Joanina em honra e memória do Rei D. João V (1707-1750), que patrocinou a sua construção e cujo retrato, da autoria de Domenico Duprà (1725), domina categoricamente o espaço.

          Começou a receber os primeiros livros depois de 1750, e atualmente o seu acervo é composto por cerca de 55 000. Na sua conservação são empregues os mais modernos métodos de preservação e controlo ambiental, em conjunto com uma solução mais tradicional: a existência de uma colônia de morcegos que durante séculos a protegeu de insetos bibliófagos.

 

prisãojoanina1 joaninaprisão2

         A Universidade de Coimbra possuía desde 1541 autonomia jurídica. Estavam subordinados à "Lei Acadêmica", consagrada nos seus estatutos  desde 1591, todos os que de alguma maneira se encontravam ligados à instituição. Esta autonomia permitia à Universidade possuir juiz - O Magnífico Reitor -, Guarda e Prisão.

         A Prisão Acadêmica funcionou inicialmente em dois aposentos sob a Sala dos Capelos, logo em 1559. Em 1773 foi transferida para o edifício da Biblioteca Joanina que viu incorporados e recuperados os restos do que fora o antigo cárcere do Paço Real e que documentam a única cadeia medieval que ainda existem em Portugal.

         Entre os "presos" mais famosos da Prisão Acadêmica destaca-se Antero de Quental, que devido a um excesso na praxe lá permaneceu por oito dias.

 

 

 coimbra10  coimbra11

 

 

          Artista da região encontra terreno vago e então traz arte ao lugar com peças encontradas no lixo. 

 


 coimbra4  coimbra5

 

         Este painel de Portela Júnior comunga desta linguagem ritualista, exibe-se uma plêiade de heróis nacionais que culmina nos santos da nação escalonadamente hierarquizados: São João de Brito, Santo António e Beato Nuno de Santa Maria. É um panteão nacional, disposto em cenário evocador dos princípios da nacionalidade através da representação de torres e castelos medievais enquadradores da inabalável Sé Velha de Coimbra em cenário evocativo, através de gigantescas embarcações, da idade de outro da Lusitânia, a epopeia ultramarina.

          No centro da composição, o pinto colocou em escala maior as restantes personagens, a figuração da Pátria, matrona avultada, coroada de louros e apoiada num forte escudo nacional. Ainda que seja uma das mais importantes figurações visíveis dos arquétipos do Estado Novo, talvez a mais imediata, a leitura iconológica do fresco permitirá a percepção de outras ligações simbólicas que farão do painel um verdadeiro retábulo onde se figuraram os santos da nação.

         O painel pode ser encontrado no saguão da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

 

 

 

 

 

Fonte : DEPECAC, Wikipédia, Universidade de Coimbra

Listar Todas Voltar